DIRTYLOUD

    

 

O jovem produtor e DJ mineiro de apenas 28 anos, Marcus Vinícius Campos, é o conhecido DIRTYLOUD. Nesses 13 anos de carreira, suas produções autorais e remixes para artistas consagrados cravaram o nome DIRTYLOUD nos rankings do Beatport.

 

DIRTYLOUD foi convidado por Deadmau5 para remixar “Beautiful, Rich and Horny”, e o resultado foi incrível. A parceria com Joel Thomas Zimmerman (Deadmau5) se estendeu, quando o foi convidado para assinar o remix de “Hey Baby”, um dos maiores hits da carreira do canadense.

 

O jovem DJ ainda fez o remix de “Vandalism”, para o norteamericano Porter Robinson, que foi lançada pela gravadora OWSLA, de Skrillex e recebeu o convite de Calvin Harris para assinar o remix de “Sweet Nothing”, uma parceria do produtor com Florence Welch, lançado pela Sony. Mas não para por aí! Yoko Ono (sim, a viúva de John Lennon) convidou o artista para assinar o remix de sua faixa “Hold Me” – que fazer parte de seu álbum, lançado em 2013 e também a cantora Shakira convidou o mineiro para remixar “Dare (La La La)”, tema oficial da Copa do Mundo de 2014.

 

Com tantas músicas e muito sucesso, o DIRTYLOUD passou praticamente grande parte de sua carreira rodando o mundo em turnê. Seu último lançamento, “Heartbeat” traz o melhor das batidas de Future House, com inspirações de Don Diablo e sua label Hexagon. A track já tem mais de 350 mil plays no Spotify, e promete ainda mais com o videoclip que foi lançado recentemente, com a atriz Gabi Lopes.